Sintra, o Monte Sagrado - Parte 1

Sintra é uma vila que se recusa a ser elevada a cidade, apesar de ser sede do segundo município mais populoso do nosso país. Património mundial da UNESCO, referência lendária de um vasto património literário, palco de palácios, casas senhoriais, bosques encantados, penhascos, capelas, paisagens mágicas de cortar a respiração, é um "astro luminoso" mergulhado "numa bruma que não se dissipa", é um tesouro português que esconde em si segredos mágicos. Sente-se. Respira-se. Mas não se consegue explicar...

A sensação que se tem aqui é a de que não podemos ir embora. E, se conseguirmos ir, sabemos que um dia vamos voltar. E voltar... e voltar...!

Poço Iniciático (Torre Invertida) - Quinta da Regaleira - Sintra

Poço Iniciático (Torre Invertida) - Quinta da Regaleira - Sintra

Exterior da Quinta da Regaleira - Sintra

Pormenor de uma porta no Palácio da Quinta da Regaleira / Palácio do Monteiro dos Milhões - Sintra

Pormenor de uma porta no Palácio da Quinta da Regaleira / Palácio do Monteiro dos Milhões - Sintra

Pormenor do papel de parede no Palácio da Quinta da Regaleira / Palácio do Monteiro dos Milhões - Sintra

Casaco Mango Kids - Túnica Camellia Boutique & Tailoring - Jeans Zara Kids - Ténis Pisamonas - Laço Mamãe.

Café Paris - o restaurante onde jantámos. Mesmo no centro histórico da vila, de frente para o Palácio Real. Comida deliciosa e atendimento irrepreensível num edifício absolutamente maravilhoso.

Águamel Sintra - Boutique Guest House - a nossa escolha desta vez e de todos os regressos, com certeza!

Sala de refeições - aqui servem-se os melhores croissants do mundo (mesmo!), bolos caseiros, compotas, sumos naturais, chás, e um sem fim de delícias!

As crianças são mimadas com livros para pintar, lápis, canetas,... e "quem meu filho beija minha boca adoça"!

Sala de estar com toda a informação necessária para explorar a vila.

Detalhe do chão. Adoro!

Nem a leitura de cabeceira foi esquecida!

Não podíamos ter escolhido alojamento melhor! A Sofia e o Miguel são de uma simpatia tão genuína que nos conquistam imediatamente! Senti-mo-nos verdadeiramente em casa!

Este boutique hotel fica mesmo no centro histórico e rapidamente se vai a pé até à zona de restauração / lojas e à Quinta da Regaleira. Sem carro, sem stress. Perfeito! Recomendamos muito! Vejam mais AQUI e AQUI.

Mas por muito que eu vos queira descrever a paisagem, as sensações, é necessário visitar, ver com os próprios olhos... sentir... respirar... No nome "Sintra" temos de tirar o "r". Só assim podemos contempla-la verdadeiramente! ❤